sábado, 30 de julho de 2011

joguinho pra gestantes




segunda-feira, 18 de julho de 2011

meu bebê suga será que tenho pouco leite o que fazer?


TENHO POUCO LEITE, O QUE FAÇO?

Se você acha que está com pouco leite, é essencial que, em primeiro lugar, beba muitos líquidos como água, sucos naturais e chás. No mínimo 2 litros por dia. Outro fator importante é colocar o bebê para mamar, mesmo que ache que o leite não é suficiente, pois quando o bebê suga, a mãe produz um hormônio que estimula a produção do leite.

TEM HORÁRIO CERTO PARA AMAMENTAR?

Não, o horário para mamar quem estipula é o bebê, geralmente no começo ele vai mamar mais vezes ao dia (em torno de 3 em 3 horas), porém se o bebê é muito sonolento e não acorda para mamar, acorde-o, ponha-o no seio para sugar e consulte o pediatra, pois os níveis de glicose dele no sangue podem estar baixos. Outro fator importante é não trocar de seio na mesma mamada, o bebê tem que mamar um dos seios até esvaziá-lo, uma vez que o leite do final da mamada é mais rico em gordura, fazendo com que fique satisfeito. Se o bebê esvaziar um seio e ainda estiver com fome, aí sim pode colocá-lo no outro seio. Na mamada seguinte, coloque o bebê no seio que ainda não foi esvaziado.

SE EU DER CHUPETA OU MAMADEIRA O MEU BEBÊ PODE LARGAR O PEITO?

Sim, está comprovado que a introdução de outros bicos que não o seio fazem com que o bebê se confunda e desmame. No caso da mamadeira, quando introduzida, o bebê percebe que é mais fácil de mamar, uma vez que ele não precisa fazer força. Assim, na hora de colocá-lo no peito, ele sentirá a diferença e recusará.

meu leite é fraco ou não tenho leite suficiente?


quando amamentar meu filho: resposta ,sempre que ele quiser quem sabe o horário e o bebê,tem neném que mama menos tem deles que mamam mais vezes,quanto a ao leite não existe leite fraco ,ele pode ser clarinho mais o teor vitaminico é perfeito,e ainda previne contra todo tipo de infecção,criança que mama tem mais saúde,procure amamenta-lo pelo menos até os seis meses,até pra nascer os dentinhos eles não sofrem , amamente com prazer ele tem o direito de mamar o quanto quiser !!!!faça um comentario sua opnião é muito importante pra mim!!!

existem mulheres que tem dificuldades para formação do leite?



Amamentar faz a mama cair ?
Não. A falta de suporte adequado (soutien de reforço) e a tendência genética de mama pendular é que faz a mama cair e não o ato de amamentar

3 - Cerveja preta x Canjica x muito líquido, fazem o leite aumentar?
Não. A cerveja preta não deve ser usada porque bebida alcoólica é contra indicada na amamentação.

A mãe deve tomar muita água para se hidratar e não para aumentar a quantidade de leite.

A canjica também não aumenta a quantidade de não aumenta a quantidade de leite, porém assim como a canja de galinha que também não aumenta o volume de leite estes alimento são conhecidos como lactogogos.

Lactogogos: são alimentos que não aumentam a quantidade de leite, mas que a mãe acredita firmemente que isto vai aumentar seu leite e como estes alimentos na tem contra indicação, eles não vão interferir na amamentação.

4-Tamanho da mama x alimentação
A mulher que tem mama pequena ou grande não quer dizer que a mama grande vai produzir mais leite. O leite é produzido fisiologicamente nos 2 tipos de peito.

5 - Mulher que produz pouco leite - Não existe mulher que produza pouco leite, na verdade ocorre é que aquela mulher que limita as mamadas do bebê no peito, ou seja não amamentando em livre demanda (que é a hora que o bebê quer).
Isto significa que: a produção de leite está ligada a sucção do bebê. "Quanto mais o bebê suga mais leite a mulher vai produzir. Isto significa que é a sucção do bebê que mantém a produção de leite.

Outros tabus, ligados a folclore

6 - Se o bebê arrotar no peito este vai rachar.

7 - Se a mãe beber água durante o período que estiver amamentando o leite vai secar

8 - Se a mãe colocar uma chave no bolso o leite vai secar

9 - Se o leite cair no chão ele vai secar

10 - Não esfregar bucha ou toalha no mamilo e aréola porque esta atitude afina a pele favorecendo as rachaduras porque tira a oleosidade natural da pele. Não usar cremes ou pomadas no mamilo e aréola e em caso de rachaduras (fessura mamilar) não usar casca de banana ou de mamão. Não usar compressa quente ou fria não mama - queima a pele e não resolve.

Uso de bicos, mamadeiras e chupetas

A criança que mama no peito não deve receber bicos, mamadeiras e chupetas, porque eles fazem com que o lactente confunda os bicos, além de diminuir a vontade de ir ao peito, favorecendo o desmame precoce.por favor faça um comentario a sua opnião é muito importante pra mim obrigado!!!

domingo, 14 de novembro de 2010

toda mulher que amamenta não menstrua verdade ou mito


Como a amamentação impede a gravidez?
O mecanismo que explica o porque a mulher que amamenta não engravida facilmente tem por base:

O órgão que regula a fertilidade da mulher está situado na sua cabeça, no cérebro, trata-se de uma glândula chamada HIPÓFASE. Esta glândula se comunica com os órgãos do corpo da mulher (ovários, útero, mamas), através de mensagens hormonais, digamos assim.

Normalmente na mulher em idade fértil a hipófise manda todo mês ordens hormonais endereçadas aos ovários, útero e mamas, dizendo-lhes que se preparem para engravidar. Nesse momento um dos ovários entra em funcionamento (o outro fica parado, não funciona neste mês), seleciona um folículo que contém no seu interior um óvulo.

No meio do ciclo menstrual esse óvulo é lançado para o exterior do ovário, embora ainda dentro do ventre da mulher, quando então será captado pela trompa e levado para o interior do útero. Desde que a mulher tenha tido relações sexuais nesse período, os espermatozóides lançados no interior da vagina irão subir para o útero e trompas, indo ao encontro do óvulo, fecundando-o quando forma-se o ovo e a gravidez se inicia.

Caminhando de volta pelas trompas o ovo chega ao útero e se aninha, prossegue a gravidez. Durante 9 meses a mulher não menstruará, não ovulará e não poderá engravidar nesse período.

O estímulo hormonal comandado pela hipófise com ação sobre o útero, ovário e mamas, após o parto, se prolonga por mais algum tempo, cerca de 45 dias, 2 meses, 3 meses, 6 meses; tudo vai depender da amamentação. A mulher que alimenta o seu bebê só com o leite do peito, sem limites, atendendo apenas as solicitações da criança ficará por muito tempo em ovular e sem menstruar, ou mesmo menstruando mas sem ovular, motivo pelo qual não engravidará.

Este conhecimento não é absoluto, não significa que toda e qualquer mulher que amamente não engravidará. Existem individualidades que tem que ser respeitadas e que levam a exceções da regra, embora ela seja válida como generalidade sempre que as condições básicas forem respeitadas.

Também exigem solução as seguintes situações clínicas:

1 - paciente não menstrua mas amamenta regulamente
2 - paciente não menstrua mas amamenta de forma irregular
3 - paciente já menstrua mas amamenta regularmente
4 - paciente já menstrua mas amamenta de forma irregular.

. Aquelas mães que amamentam regularmente, que alimentam a criança exclusivamente com o seu leite, segundo a demanda espontânea da mesma, estas são as mães que mais se beneficiam do uso prolongado da amamentação como método contraceptivo.

. As mães que ainda não menstruaram mas que por alguma razão começam a amamentar de forma irregular sem qualquer critério ou mesmo começam a adotar alimentação mista para o bebê, estas são as que mais preocupam as equipes de saúde que orientam a clientela no uso da amamentação como contracepção, pois a partir do momento que elas começam a espaçar demais as mamadas, suas chances de ovulação e gravidez aumentam.

. Quando as usuárias do método começam a menstruar novamente, devem ser orientadas a procurar o serviço de saúde para receberem novas instruções. Há que considerar a regularidade de amamentação, a intensidade de sucção e o seu tempo de duração.

. Mães que amamentam e já menstruam costumam apresentar ciclos menstruais irregulares, atípicos, por conta de taxas variadas de prolactina e ocitocina circulante e que interferem no ciclo menstrual.

Como e quanto a amamentação garante a anticoncepção

As mães que amamentam permanentemente segundo as solicitações do bebê, de dia e de noite são as que se dão melhor com o método. Aquelas que passam muitas horas sem amamentar, ou amamentam de forma irregular por várias razões, preguiça, descuido, irresponsabilidade, local de trabalho distante, estas deverão ser orientadas quanto ao risco de gravides.

As mães que deixam as crianças na creche do local de trabalho deverão estabelecer uma rotina, um intervalo regular que permita manter o ritmo da mamada espontânea.

Risco de Gravidez

Para as pacientes que estão usando a amamentação como anticoncepção é importante ressaltar que após os 03 meses de parto as chances de ovulação e gravidez aumentam. Após os 06 meses o risco é grande para quem evita apenas com a amamentação, principalmente se já estiver menstruando regularmente.

Nesses casos recomendar a adoção de um método complementar: DIU, preservativo, tabela, diafragma ou pílula que deverá ser receitada pelo seu médico

Fonte:http://www.alpha46.com.br/ATR/contracepcao.htm


segunda-feira, 4 de julho de 2011

Gestantes carentes no oitavo mês recebem enxovais para bebês.

A Secretaria Municipal de Assistência Social, através do CRAS, todos os meses realiza reunião com as mães carentes de Nova Cruz, orientando-as como ter uma boa gestação, da importância da amamentação para com o desenvolvimento físico e mental da criança e as ensinam a forma correta de cuidar das mesmas.

procure a associação de bairro do seu bairro aqui no morumbi onde eu morro tem varias ongs que auxiliam mães que estão fazendo corretamente o prê natal,elas recebem um kit pra ajudar no enxovalzinho de sua princesa ou seu princepezinho,vc está grávida do primeiro ou do oitavo não importa vc é campeã parabêns e bom parto !!!!!

como dar banho seco nos bebes


queridas mamães nem sempre presisamos submeter nossos bebes em dias muito frios a banhos com água,seja sábia e não exponha seu bebe a risco de ficar gripado ou resfriadinho por causa da hora do banho,pegue uma toalhinha ou uma fraudinha de pano esquente uma vazilha com um pouco de aguá ,pegue os produtos de banho que vc costuma usar no banho do seu bebe,molhe a toalha nesta água vá passando no corpinho do recen nascido e por último nas genitalias do bebe,eu fui mãe de seis e nunca meus filhos ficaram gripados quando recem nascidos cuidado com exessos de banhos os bebes são muito sensiveis a friagem pois as defesas do organismo ainda estão muito baixa,os banhos de toalhinhas sendo bem aplicados higieniza muito bem e ele não corre o risco de ficar doente,depois passe os produtos rotineiros e ele ficara cheiroso e limpinho como todos os dias .espero que tenha ajudado em alguma coisa.se der deixa um comentário bjus!!!

sera menino ou menina

famosas gravidas (de meninos e meninas)


esta postagem que estou fazendo é so pra vocês fazerem análise,mulheres gravidas de meninos não sofrem agresões fácial tipo manchas cabelos rebeldes na maiorias das vezes ficam mais bonitas,as mamães que estão esperando meninas passam por uma tranformação ficam mais gordas não a barriga mais no corpo e outro segredo a barriga de quem está esperando meninos aparece mais cedo depois no final da gravides param e meninas e bem lenta a barriga demora aparecer,uma vez quando estava esperando minha filha Eloí mara o médico disse pra enfermeiras tire esta mãe do meio das que vão dar a luz ,e eu ainda estava grávida todos acharam graça espero te ajudado vocês até mais ,segredinho de quem teve tres meninas e cinco meninos ,na gravidez de meninas a barriga demora mais para aparecer,e as meninas mexem mais cedo e são mais espuletas na barriga ,até mais bjus!!!

qual o melhor carrinho de bebe


Você que já tem seu bebê ou está pensando em ter seu filho, já parou para pensar em que tipo de carrinho de bebê comprar para ele? No mercado de hoje há vários tipos de carrinho, vários modelos diferentes e preços. Eles são usados com mais freqüência pelas mães que preferem sair com seus bebês para passear num shopping ou uma tarde num parque, também para irem ao supermercado, praia, enfim, a qualquer lugar que você e seu bebê estejam, ele se sinta seguro, confortável e você mais tranquila. Você também poderá fazer suas atividades domésticas sem se preocupar, pode deixá-lo bem pertinho de você onde é que esteja. Outra boa dica é de quando você for comprar seu carrinho, verifique se ele é daqueles que são desmontáveis, porque dependendo do porta-malas do seu carro será melhor para você. O melhor carrinho é aquele que apresenta características mais compatíveis com seu estilo de vida, e nunca se esqueça de também conferir se o carrinho de bebê que você irá comprar está de acordo com as especificações do INMETRO, porque irá garantir mais ainda a segurança de seu bebê. Se você tem gêmeos, também nas lojas especificadas você irá encontrar carrinhos para dois ou mais bebês e que se adaptam ao seu bolso. Além do próprio carrinho, há vários acessórios que você pode estar adquirindo para melhorar ainda mais a qualidade do passeio de seu filho, como mosqueteiro, capa de chuva, lençóis, colchonetes e travesseiro. E para bebês mais novinhos você pode encontrar o chamado carrinho-berço, que possuem diferentes posições de regulagem do acento variando de três a cinco posições, para que não force a coluna do seu bebê, com cintos de três ou cinco pontas, sistema de freios, bandeja do bebê e cesto porta objetos. Procure também os carrinhos que são feitos de alumínio porque são mais leves e quando desmontados são mais fáceis de carregar. Existem carrinhos que possuem cores unissex, que são ideais para quem quer mais de um filho, porém já existem carrinhos com estampas, tanto para meninos como para meninas, então não se esqueça de ver qual se adapta melhor em todos os sentidos para você e seu baby.

Mais informações por email

testes de gravides são confiaveis




Os teste de gravidez de farmacia são confiaveis?
Muitas pessoas reclamam dos testes de gravidez de farmácia, afinal, eles funcionam mesmo?

Os testes de farmácia são simples, baratos, fáceis de serem feitos e eficientes na maioria dos casos, porém o resultado pode constar como negativo se o teste for feito muito cedo, ou seja, no começo da suposta gravidez.

No geral, os testes de farmacia que são feitos na ‘época certa’ eles dão o resultado correto sim. Mas, para não correr riscos, ir até um laboratório e fazer o exame de sangue é o mais seguro mesmo.

Mais informações por email

Os teste de gravidez de farmacia são confiaveis?

Palavras relacionadas

Artigos relacionados

domingo, 3 de julho de 2011

recados para orkut

Lindas Mensagens de Gravidez para seus melhores Amigos
recados para orkut

Muitas Mensagens de Frases Gravidez pra você mandar! Confira!
Mensagens para Orkut

Tudo sobre Gravidez para você enviar! Clique e confira!
Gravidez
Scraps para Orkut!

qual melhor parto

segundo a medicina qual o parto mais seguro!!!!


esse é o desfecho natural da gravidez, muitas vezes deixado de lado por medo ou comodidade. Conheça as vantagens desse momento especial para a mãe e para o bebê.
Quando o bebê escolhe a hora de nascer

O índice de cesarianas no Brasil é um dos mais altos no mundo: 43%, segundo dados de 2008 do Ministério da Saúde, o triplo do que recomenda a Organização Mundial da Saúde.

Entre os fatores que elevam a taxa às alturas, os especialistas apontam, sobretudo, o medo que muitas gestantes têm de sentir dor e a comodidade de pais e obstetras de escolherem uma data para se planejar.

Imagine-se dormindo tranquilamente no seu quarto, seu ambiente mais seguro e, de repente, aparecem várias pessoas batendo pratos e com holofotes no seu rosto. Você vai acordar de bom humor?
A cesariana, de fato, salva muitas vidas, pois nem todo nascimento seria bem-sucedido de maneira natural, por limitações de saúde ou físicas da mãe, do bebê ou de ambos. Portanto, não se pode simplesmente taxá-la como má escolha, em defesa do parto normal.

Segundo o dr. Marco Antônio Lenci, obstetra do Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE), o melhor parto é aquele que preza pela segurança da mãe e do bebê e garante um final feliz para todos, independentemente de ser normal ou cesáreo.

Entretanto, o médico alerta para o fato de que a escolha pela cesariana eletiva, aquela com hora marcada, em geral atende aos interesses dos adultos, preocupados com as questões práticas da vida contemporânea. “É raro pensarem no bebê, em como será recebido”, avalia, brincando em seguida: “Imagine-se dormindo tranquilamente no seu quarto, seu ambiente mais seguro, e de repente aparecem várias pessoas batendo pratos e com holofotes no seu rosto. Você vai acordar de bom humor?”

O foco de pais e equipe médica, portanto, deve estar primordialmente na recepção ao pequeno. É preciso dar-lhe boas-vindas de uma forma suave, para que ele se sinta acolhido assim que colocar os pezinhos no mundo.

No centro obstétrico, o ambiente deve ser aconchegante, com luz baixa e menos ruídos, para favorecer um primeiro contato tranquilo entre a mãe e o bebê
O caminho para o sucesso desse momento tão especial está na chamada humanização do parto, que leva em conta aspectos biológicos, psicológicos e técnicos. Por isso, ao longo do pré-natal a gestante deve manter um diálogo franco com o obstetra, compartilhando dúvidas, receios, os prós e os contras das duas modalidades de dar à luz. “Já no centro obstétrico, o ambiente deve ser aconchegante, com luz baixa e menos ruídos, para favorecer um primeiro contato tranquilo entre a mãe e o bebê”, explica o dr. Máximo Akira Hanada, obstetra do Einstein.

Parto normal

Embora seja o desfecho natural da gravidez, é temido por muitas gestantes por conta da dor. Mas esse receio não faz mais sentido. “Hoje é possível dar à luz sem o sofrimento de décadas atrás, com a ajuda de analgésicos”, explica a Enfermeira Adriana Policastro, Obstetra e Coordenadora de Enfermagem da Maternidade e do Centro Obstétrico do Einstein.

E tem outras vantagens:

O bebê, ao passar pelo canal do parto, sofre compressão do tórax, o que elimina boa parte do líquido amniótico que traz nos pulmões, favorecendo a respiração.
Possibilita o aleitamento precoce, logo depois de o bebê nascer, para aumentar sua imunidade.
A recuperação é mais rápida e praticamente sem dor.
Parto cesáreo

Surgiu para salvar a vida da mãe e do bebê quando o parto normal não evoluía bem. Com o tempo, as técnicas se aprimoraram e hoje é um procedimento seguro, mas com indicações específicas, como descolamento prematuro da placenta e sofrimento fetal. No entanto, vantagens como a comodidade de escolher dia e hora do nascimento do bebê sobressaíram. “Hoje vemos muitas mães plenamente capazes de dar à luz por parto normal que acabam optando pela cesárea, por motivos pessoais”, afirma Adriana.

Alguns pontos que devem ser levados em consideração, nesse caso:

Risco maior de infecção e problemas com a anestesia, assim como em todo procedimento cirúrgico.
Bebê não recebe informações psicofísicas de que está para nascer, como as contrações durante o trabalho de parto. Pode ser uma experiência traumática.
A recuperação da mulher é mais lenta, pois o corte no abdome exige descanso para a cicatrização, além de causar dores.ESTA POSTAGEM TEM OS CREDITOS PENTECENTES AO Hospital Israelita Albert Einstein

quarta-feira, 19 de maio de 2010

como saber se estou entrando em trabalho de parto



As contrações (percebidas por algumas mulheres como endurecimento da barriga) são sentidas no abdome – na parte inferior - ou nas costas. Elas ocorrem porque o útero está se contraindo e relaxando ao mesmo tempo, ajudando a abrir o colo e empurrar o bebê para o canal de nascimento. Durante o estágio inicial do trabalho de parto, as contrações são sentidas como cólicas menstruais.

Quando o processo de nascimento começar verdadeiramente, as contrações se tornam regulares. Nos estágios iniciais, usualmente ocorrem em intervalos de 15 a 20 minutos e duram entre 30 e 45 segundos. Conforme o trabalho de parto avança, essas contrações ficam mais freqüentes e duram em torno de 60 segundos.

Na fase em que você sentir de 2 a 3 contrações em 10 minutos e que duram por volta de 45 segundos ou mais, deve procurar o hospital e avisar seu médico. As contrações se mantêm constantes, mesmo se você se deita ou anda. Se perceber contrações regulares e dolorosas antes da 37a. semana, procure imediatamente seu médico ou o hospital, pois poderá estar entrando em trabalho de parto prematuro.

2. Eliminação do tampão mucoso

Durante as últimas semanas de gravidez, o colo começa a ficar fino e dilatar em preparação para o parto, o que pode ocasionar a perda de um tampão mucoso. Quando isso ocorre, você notará a saída de uma substância mucosa pela vagina, com alguns filetes de sangue.

Este não é um sinal de trabalho de parto, e sim que está se aproximando. Na verdade, o trabalho de parto, às vezes, só começa vários dias depois desse sinal. Qualquer quantidade de sangue maior que os filetes acima descritos deve ser relatada a seu médico.

3. Perda de água pela vagina

A perda de água pela vagina indica a ruptura das membranas, ou "bolsa das águas", que mant êm o líquido amniótico durante a gravidez.

Quando is so ocorre, você não sente dor, apenas a sensação de uma água morna escorrendo pelas pernas. Usualmente, a mulher sente a perda de meio litro de água, mas a quantidade vai depender de onde a bolsa rompeu. Em casos de rupturas altas, a perda de líquido pode ser pequena, apenas suficiente para umedecer a calcinha, sem escorrer.

Além disso, você poderá continuar perdendo l íquido, conforme seu bebê continua a produzi-lo. Tenha em mente que isso é natural, uma parte saudável de seu trabalho de parto, e não machuca seu bebê. Sua bolsa de água pode se romper no começo ou só no final do trabalho de parto.

É importante que seu médico saiba quando você suspeitar da perda de líquido (especialmente se a ruptura ocorrer antes do início do trabalho de par

o que leva a 80%das gestantes de classe alta a optarem por cesaria?

vamos falar claro e sem rodeio o que leva a maioria das mulheres a optar por parto cirúrgico e não o convencional é o medo das contrações,que pra falar a verdade não é fácil ,mas pra mim que teve 6 partos normais e 1 cesárea por que eram gémeos eu queria normal mais as posições dos bebês não ajudava eu com dor e tudo eu não gostei da cesárea ,é melhor sofrer na hora do que depois minhas conclusões
Melissa mãe de Maria Clara,o desejo de um parto normal deu lugar aum parto cirurgico na ultima hora,fui ficando dividida com os comentários das amigas que achavam cesária uma maravilha,porque vc marca a hora não presisa sentir dor.tambem tinha meus anceios disse ela.tinha medo do bebê ficar entalado no meio do caminho,por outro lado o parto normal me atraía,pela recuperação mais rápida e menos dolorida a gravidez ia avançando e ela trocava figurinhas com as colegas tambêm gestantes,quase sempre as amigas preferiam o parto cesárea,tive minha filha por parto cirúrgico foi tudo bem ,mas as dores do corte e muito ruim a gente fica muito limitada se fosse normal isso não ocorreria.Ja Daniela comissaria de bordo eu tinha pavor de parto normal diz elavivia entre o rio e são paulo me consultava com dois medicos um me asegurava sobre parto cerarea eo outro me animava sobre parto normalcomecei a me preparar para o parto normal,mas quando cheguei no aeroporto entrei em pánico e cheguei a me esconder no banheiro da maternidade dizendo para meu marido que queria tomar um táxi e voltar pro rio pra fazer a cesarea. mas depois de muita conversa fui relaxando e consegui ter um parto normal muito satisfatório diz ela agora sorrindo se soubesse que era só isso não tinha sofrido por antesipação.OS CREDITOS DESTA POSTAGEMfaça um comentario sua opniaõé importante pra mim obrigado!!!! PERTENCEM A REVISTA CRESCER!!!!!!

sábado, 27 de março de 2010

qual melhor parto :normal ou cesária?


De acordo com a médica, o desenvolvimento de cada caso e as condições gerais da mãe e do bebê são fundamentais para a escolha do parto. “Existem situações em que a cesariana é necessária, como nos casos de descolamento prematuro de placenta ou de placenta prévia – quando a mesma está localizada na frente do colo do útero. A cirurgia também é indicada quando a gestante apresenta problemas de dilatação, tem hipertensão arterial, já passou por duas ou mais cesarianas – quando há risco de rompimento do útero –, entre outros”, explica ela.se falando de partos normal ou cesário eu não gostei da cesario porque demora mais pra recupeção e vc não pode cuidar de seu bebê ao contrario do normal que te deixa apta no mesmo dia pra cuidar do seu bebê.

A ginecologista ressalta que a gestante precisa conhecer as diferenças entre esses dois tipos de parto. Ela deve estar informada e orientada por um médico para escolher a melhor maneira de dar à luz. “O parto normal apresenta recuperação muito mais rápida, mas a mulher corre o risco de ter flacidez na musculatura do períneo. Já a cesárea, possibilita que a família programe a hora da chegada do bebê, mas há o risco de infecção cirúrgica, por exemplo.” A médica aponta um dado interessante: em hospitais públicos, 30 a 40% dos partos são cesarianas; em maternidades particulares, esse número sobe para 80% dos casos.

“A maioria das mães com poder aquisitivo mais alto querem programar a data de nascimento do bebê e driblar a dores do parto normal”, afirma Adriana.

O parto normal é reconhecido por médicos como o mais natural e menos invasivo, pois acontece na hora exata em que mãe e filho estão preparados e, atualmente, as inconvenientes dores podem ser amenizadas por meio de anestesia. “Hoje, aplica-se uma anestesia especial que não impede as contrações. Além disso, os obstetras costumam fazer a episiotomia – corte na lateral da vagina, que amplia a passagem do bebê”, diz a médica. Vale lembrar, que um trabalho de parto normal pode demorar até 12 horas para ser finalizado faça um comentario sua opnião é muito importante pra mim!!!

terça-feira, 16 de março de 2010

esta chegando a hora preciso ter medo do parto...



Não tenha medo mulher...Quando chegar a hora vc terá uma força que Deus ja te fez com ela,vc só não descobriu ainda...Vai ver que quando vc parir seu bebe vai saber a mulher forte que tu é e nem sabia!!!O medo do desconhecido é normal,mas deixar o medo te vencer não pode...Pense que seu bebe tem que nascer e é vc que tem que permitir isso e de maneira saudavel pra vc e pra ele!Eu estou gravida do terceiro,tive PN na primeira e cesarea na segunda,e vou tentar o PN de novo,e se fosse tão terrivel assim eu partiria pra cesarea denovo ja que tenho uma rs!!Vc pode,vc Bom eu estou gravida de sete meses, e ja esta chegando a hora de dar a luz a este bebezinho, e a cada dia q passa aumenta mais a tensão, sou mãe de primeira viagem e estou com medo do parto, quero muito que seja parto normal, mais eu fico pensando como deve ser as dores, o q vai acontecer comigo, c eu vou dar conta, passa mil coisa pela minha cabeça, gostaria de receber conselhos de mulheres q já passaram por este parto, e o q eu posso fazer pra ficar mais tranquila.... tive 6 partos nornais tem dor mas nada que não seja suportavel Toda MUlher passa por isso e suporta vai dar tudo certo DEUS SEMPRE NOS AJUDA BOAO SORTE BJUS!!faça um comentário sua opnião é muito importante pra este blog obrigado!!!!

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

sou obrigado a usar o soro para dilatação?


ao entrar em trabalho de parto a mulher começa sentir um pequeno desconforto,ainda não é considerado, dor pois é só o útero se contraindo,segredinho de quem teve 6 partos normais.quando vier a contração distrair tire da mente conte carnerinho,pense em outra coisa tire sua mente do local vai com sua mente pra casa de alguem,isso ajuda a diminuir a dor,eu contava as vigas da lage fazia qualquer coisa menos curtir a dor,outra pesa pro obstetra demorar um pouca pra colocar aquele maldito soro ele multiplica varias vezes a dor natural,só se tiver passando da hora e você ou bebê estiver correndo risco,pois acentua mais a dor .quando tive Raysa não tomei soro não doeu tanto,mas se é preciso tem que tomar,quando tiver mais de 8 centímetros de dilatação faça força pra baixo isso ajuda força de coco,seja curiosa pergunte ao medico quanto esta a dilatação ,ai é so fazer força ai nasce rapidinho ,ajude a você fazendo força pra baixo por hoje é só boa sorte ,espero te te ajudado tenho esperiencia em parto normais tive seis e uma cesaria pois eram gemeos....

terça-feira, 10 de novembro de 2009

prê parto medo ou ansiedade?


PRÉ-PARTO

Mais ou menos quinze dias antes do parto a gestante entra num período denominado de Pré-Parto. As contrações (cólicas) podem ficar bem fortes, dificultando até o sono da futura mamãe.
Podem ocorrer a “descida da barriga” ou “queda do ventre”, geralmente nas mulheres que nunca tiveram filhos. O “tampão mucoso”, tipo de um catarro com ou sem raios de sangue, também podem sair pelo canal vaginal.

Procure a maternidade se você estiver com um destes sinais ou sintomas:
• 6 contrações em meia hora;
• Bolsa rota-líquido quente que sai pela vagina, incolor ou leitoso, com cheiro de água sanitária (não tem cheiro de urina).
Porém se você perceber alguns sinais ou sintomas “estranhos” como os abaixo relacionados, procure imediatamente o hospital:
• Perda de sangue pela vagina;
• Perda de água esverdeada pela vagina;
• Dor no abdome (barriga) muito forte, que não pára;
• Dor de cabeça forte, com dor no estômago e “vista embaralhada”
• Urina avermelhada ou ardor forte ao urinar;
• Febre;
• Inchaço nas mãos e rosto;
• Se o bebê não se mexe por mais de 12 horas

sábado, 2 de julho de 2011

parto vertical

estou trabalhando e estou gravidas quais os meus direitos

estou trabalhando e estou gravidas quais os meus direitos


Licença Maternidade de 6 meses – um direito seu
A Câmara dos Deputados aprovou recentemente um projeto de lei que prorroga a licença maternidade de 4 para 6 meses.

O Projeto de Lei 2513/07 concede incentivo fiscal para empresas que prorroguarem a licença-maternidade de suas funcionárias por 60 dias, com essa prorrogação, a licença pode chegar a até seis meses.
Porém a proposta – que corre em caráter conclusivo – ainda precisa ser analisada pelas comissões de Finanças e Tributação e pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Pelo projeto, para ter direito ao benefício, a empregada deverá requerer a prorrogação da licença até o final do primeiro mês após o parto e prevê o benefício para, também, mães adotivas.

Pontos importantes:

O objetivo, de acordo com a autora do projeto, é fazer com que a mãe tenha dois meses adicionais para amamentar o bebê e ampliar o vínculo afetivo.

O direito se estende a todas as empregadas de empresas privadas, mesmo mães adotivas, e funcionárias públicas – o projeto inicial previa apenas para empresas privadas, mas emendas aprovadas incluem também a esfera pública. Por se tratar de um programa de incentivo fiscal, é preciso que o empregador faça adesão ao programa. A mãe deve requerer a ampliação até o final do primeiro mês após o parto. Os dois meses adicionais serão concedidos imediatamente após o prazo constitucional de 120 dias.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

teste para tentar descubrir o sexo antes do ultrassonnn


meninas a mulher pode vomitar mais,mas os enjoos terminam mais cedo . meninos sentimos muito enjoos mais não vomitamos tanto.os enjoos de gravides de meninos é mais sofridas as vezes nos sentimos sentimentais chorosas.meninas a barriga demora a aparecer,só ficam imensas depois dos sete meses antes disso é aquela barriguinha pequena .os meninos logo descubrimos que estamos gravida e já aparece.comemos mais quando é menino,as contrações de meninos são mais fortes já das meninas é mais levem.

os cuidados ,e mitos da gestação

gestação o que são mitos e o que são verdades?


existem muitos mitos em relação a gravidez,dizem se a gravida trabalhar durante a gravidez ajuda no parto verdade ou mito. verdade,só não pode abusar nos esforços fisicos pois pode adiantar as contrações,mas andar passear nadar,lave vc mesmo a roupinha de seu bebÊ ,eu como sou costureira eu mesmo fazia os macacoes de meus bebês,eu fazia as barrinhas das fraudinhas,toalhinha pra limpar a boquinha do bebê isso é bom pra tirar anciedade da futura mamãe.essa conversa de feixar as roupinhas complicao parto mito ou verdade mito,o que pode ter a ver a dilatação uterina com as roupas que vc deixou em casa,tive uma amiga que tinha uma filha no norte e ela chegou grávida mas escondeu da mãe até na hora do parto,eu como tive muitos parto e tenho um pouco de experiência,pedi pra falar com ela ,ela não se abriu nem com a mãe mas comigo ela se abriu eu perguntei pra ela se tinha decido algum sinal tipo um pequeno sangramento ela disse que tinha decido um pouco de sangue ela não queria ir para maternidade estava com medo,eu convenci ela foi chegou lá eu falei com a guardete do hospital ela já vai ganhar a guardete até me xingou, tipo vc é médica pra saber se ela já vai ganhar,eu disse médica eu não sou mas. tenho muita experiencia com partos tive 7.ela riu eu disse se vc volta sem noticia do nascimento da menina vc pode me xingar de entrona.nem bem eu terminei de fazer a ficha dela e a guardete ja chegou com a noticia já nasceu e é uma menina ai ela teve que abaixar a cabeça já fiz partos de emergencia sempre meninas.uma chama suelem outra priscila. pra vc ver ela não tinha nem o enchoval eu ea mãe dela fomos comprar de emergencia o parto foi bom e rapido em outra postagen vams falar mais sobre verdade e mitos bjus!!!!leia esta postagem mãezinhas vai ser importante pra vcs faça um comentário sua opnião é muito importante pra este blog obrigado!!!!

hoje fiz um esforço exagerado e começou a me dá contrações é normal?


Mãe de primeira viagem é uma viagem… Há uns dois ou três dias, vinha sentindo uma “dorzinha” no chamado “baixo ventre” (bem embaixo na barriga). Eram pequenas ferroadas que aumentavam principalmente à noite, após o trabalho ou depois de uma atividade física mais intensa.
Como nunca dei muita bola para dor, a não ser quando intensa, achei que era normal. Pois na quarta à tarde, ao fazer um exame de rotina, a médica detectou que eu estava com contrações e não tinha percebido…
A obstetra recomendou uma medicação para reverter o problema, tomada a cada seis horas e muito repouso…
Apesar da preocupação com as contrações, não há motivo para pânico porque a pequena não está empurrando “lá embaixo” ou fazendo qualquer tentativa mais efusiva de nascer.
O que provocou as contrações?
Pode ser uma série de motivos apontados anteriormente, como agitação da mãe, esforço físico exagerado, preocupações e incômodos etc.
Por isso, a cabeça pode ser uma aliada ou uma inimiga no fim da gestação. Tentar manter a tranquilidade e evitar qualquer tipo de estresse é fundamental nessa hora. Por coincidência, estou saindo de folga e vou tirar mais uma semana de férias…
A médica não vetou a minha intenção de passar uns dias no litoral norte gaúcho, mas orientou muito cuidado.
A partir desta quinta-feira até a volta, a recomendação é ter uma vida contemplativa com direito a muito sono, evitar qualquer tipo de incômodo ou estresse, exercícios físicos (adeus às caminhadas na areia) e curtir a vadiagem faça um comentário sua opnião é muito importante pra este blog obrigado!!!!

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

sinto muita colica na gravidez é normal?


É normal sentir cólica na gravidez?


Carregar um bebê na barriga pressiona os músculos, ligamentos, veias e os outros tecidos internos do seu corpo, portanto não é de surpreender que você fique desconfortável. A maior parte dessas dores melhora se você mudar de posição ou encontrar uma forma de relaxar. Se houver outros sintomas, pode ser sinal de um problema mais sério.

Quando devo procurar o médico?

Publicidade

Às vezes, a dor abdominal pode ser causada por gases. Tente lembrar se você comeu alguma coisa que predispõe aos gases e tome algum medicamento, como a dimeticona, indicado pelo médico. O obstetra pode ainda orientá-la a tomar medicamentos seguros para a cólica. Se a dor não diminuir depois de meia hora de repouso, ou se for acompanhada de sangramento, hemorragia, febre, calafrios, forte secreção vaginal, sensibilidade e dor, ligue para o médico. Veja abaixo alguns problemas que podem causar cólica:

Gravidez ectópica:

• O que você pode sentir: Cólica acompanhada de dor aguda e sensibilidade, normalmente começando em um dos lados e se espalhando pela barriga.

• Qual é a causa: O óvulo fertilizado implantou-se fora do útero: nas tubas uterinas, no ovário, na cavidade abdominal ou no colo do útero.

• Quando pode acontecer: No primeiro trimestre.

• O que fazer: Procure ajuda médica imediatamente. A gravidez ectópica pode ser até fatal se não for tratada faça um comentário sua opnião é muito importante pra este blog obrigado!!!!

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

estou gravida mais estou com sagramento o que fazer?


estou gravida mais estou com sangramento o que fazer?

Sangramento e gravidez
Sangrar é sempre preocupante e há pelo menos dois motivos para que ocorra o sangramento genital além da menstruação.
Se o sangue for esporádico e com manchas escuras, diferente de um ciclo normal de cinco dias, é sinal de gravidez. A mancha escura é resultado do sangue de ciclos passados , que ficaram acumulados agarrados ao colo do útero. Com a gravidez , acontece o aumento do muco para a proteção do embrião, fazendo com que o sangue que esteve ali acumulado seja expulso do colo uterino.

Se você já sabe ou imagina que está grávida, saiba que esse tipo de sangramento não causa aborto, mas de qualquer maneira a gestante deve procurar um médico.

Caso o sangramento venha acompanhado de cólicas abdominais, a coisa pode ser mais séria. Procure um médico o mais rápido possível. Em caso de aborto espontâneo, isso pode ser controlado pelo médico.

Nos casos em que o aborto espontâneo é controlado, o cérvix permanece fechado e o médico recomendará que permaneça na cama por 1 ou 2 dias. As relações sexuais, naturalmente, deverão ser evitadas.

Se o sangramento é causado por um cérvix incapaz de suportar o estado de gravidez, um médico poderá “fechá-lo” até o nascimento do bebê, através da administração de medicamentos para relaxar o útero, mas o aborto será inevitável caso o sangramento e as cãibras continuem e, conseqüentemente, o cérvix comece a abrir.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

babás eletronicas,devo usar?



eu acho muito bom e bastante nescessário porque voçê pode durmir mais tranquila sem deixar seu filho expostos a pequenos acidentes e desconfortos,tipo engasgar desmaiar ,sufocar com algum brinquedo coisas do tipo ,e existi umas mais barratinha que pode ficar ao alcanse financeiro de todas as mãezinhas de qualque faixa de renda familiar,eu recomendo e quando tiver netos vou recomendar aos meu filhos ,bjus!!!